Amáveis ​​seu

Existem alguns irmãos pouco amáveis do ponto de vista humano, mas apesar disso, o amor de Deus em nós nos impelirá a preocuparmos com o seu bem-estar. bible-facts.info There are some brethr en who ar e litt le loveable fr om the human point of view, but in spite of this the love of God in us will impel us to be concerned about their well-being. Cristianismo: Se alguém disser, “Eu amo Deus”, e odeia seu irmão, é mentiroso; pois ele não ama o seu irmão a quem vê, e não pode amar a Deus a quem não vê. X Fonte de pesquisa 1 João 4.7-8, 12-13, 18-20 Como apresentar o seu amáveis palavras namorada? quando um homem gosta de uma menina, ele quer que ela seja feliz, e pronto para fazer esta jogada montanhas.Ou apenas pronto para ser usado ao redor da cidade para encontrar-lhe flores ou doces favoritos.E, claro, quando um homem apaixonado, ele disse palavras gentis para sua namorada.No entanto ... Como Fazer seu Furby Ficar Malvado. Todo mundo sabe que os Furbies podem ser amáveis, engraçados e fofos. O Furby 2012 e o Furby Boom são diferentes dos Furbies orginais e têm personalidades diferentes. O modo de personalidade vai depender... tom: A [Intro] A Bm7 A D A Bm7 E A Bm7 A Quão amáveis são os Teus tabernáculos D A Bm7 E Senhor dos Exércitos!A Bm7 A A minh'alma suspira e desfalece D A Bm7 Pelos Teus átrios!F#m E O pardal encontrou casa D Bm7 E E7 E a andorinha ninho para si A G/A Eu encontrei Teus altares, D/A Bm7 E/G# Senhor Rei meu e Deus meu ( A D A D) A Bm7 A Bem-aventurados aqueles que habitam D A Bm7 E Em Tua ... «Todos desejamos profundamente ser amados, mas, às vezes, tendemos a esquecer que para ser amados temos de esforçar-nos por ser amáveis». Quem o diz é Mariolina Migliarese, psiquiatra italiana, no seu recente livro “Risposami! Crisi & rinascita della coppia”. A frase vem no contexto de um lugar comum muito perigoso para o êxito de […] A Astrologia é uma fonte de conhecimento e o seu signo revela todas as valiosas informações sobre a sua personalidade, qualidades, defeitos, competências... Mas, não é tudo, a Astrologia não fica só por aqui, ela consegue descobrir o mais profundo de cada ser e mostrar quais são realmente os signos mais e menos amáveis. líquidos infl amáveis ou limpadores abrasivos. Eles podem danifi car a pintura de seu produto. † Não coloque e nem utilize aparelhos elétricos dentro do seu produto. † Antes de conectar a adega de vinhos na rede elétrica, deixe o produto na posição correta por aproximadamente 2 (duas) horas. Isto reduzirá a possibilidade de Os superastros do K-pop falam sobre suas músicas favoritas, seu crescimento como artistas e as coisas mais amáveis que os fãs já disseram sobre eles. Eu vi seus olhos amáveis, e então seu lento e fluido sorriso. Folha de S.Paulo, 16/08/2011. O estudo de Whitaker mostra que jogos violentos deixam as pessoas mais agressivas e nervosas, enquanto os relaxantes deixam-nas mais amáveis, felizes e generosas. Folha de S.Paulo, 09/06/2011.

Contardo Calligaris, "Cartas a um jovem terapeuta", cap. IV, 2007

2020.07.17 04:50 clathereum2 Contardo Calligaris, "Cartas a um jovem terapeuta", cap. IV, 2007

"Caro amigo,
Você me perguntou: 'O que faço, se me apaixono por uma paciente?'. E lhe respondi laconicamente: 'Será que é uma questão urgente?'. Você replicou: 'Desde o começo de minha formação, pratico (só de vez em quando, não se preocupe) um devaneio em que curo milagrosamente uma moça emudecida por sua loucura e, lógico, nos amamos para sempre.' Depois disso, decidi levar sua pergunta a sério.
Talvez você se lembre de que, na minha primeira carta, falei um pouco da admiração, do respeito, e, em geral, dos sentimentos que destinamos às pessoas a quem pedimos algum tipo de cura para nossos males.
Comentei que era bom que fosse assim, pois esses afetos facilitam o trabalho de um terapeuta. E acrescentei que isso é especialmente verdadeiro no caso da psicoterapia, com a exceção de que, neste caso, espera-se que o encantamento se resolva, acabe um dia. Sem isso, a psicoterapia condenaria o paciente a uma eterna dependência afetiva.
Repare que, às vezes, sentimentos negativos, como o ódio, permitem e facilitam o trabalho psicoterápico, tanto quanto o amor. Mas é certo que o amor é a forma mais comum dos sentimentos cuja presença assegura o começo de uma psicoterapia. Ou seja, é muito frequente que um/uma paciente se apaixone por seu terapeuta.
A psicanálise deu a essa paixão um nome específico: amor de transferência. O termo sugere que o afeto, por mais que seja genuíno, sincero e, às vezes, brutal, teria sido “transferido”, transplantado. Ele se endereçaria ao terapeuta por procuração, enquanto seu verdadeiro alvo estaria alhures, na vida ou na lembrança do paciente. Você já deve ter ouvido mil vezes: o amor de transferência, grande ou pequeno, é a mola da cura.
Primeiro, ele possibilita que a cura continue apesar dos trancos e dos barrancos. Segundo, ele permite ao paciente viver ou reviver, na relação com o terapeuta, a gama de afetos e paixões que são ou foram também dominantes em sua vida; essa nova vivência, aliás, é a ocasião de modificar os rumos e o desfecho dos padrões afetivos que, geralmente, assolam uma vida, repetindo-se até o enjôo. Terceiro, ele pode, às vezes, ser o argumento de uma chantagem benéfica: o paciente pode largar seu sofrimento por amor ao terapeuta, para lhe oferecer um sucesso, para ganhar seu sorriso, para fazê-lo feliz. Esse terceiro caso apresenta alguns inconvenientes óbvios: o paciente que melhorar por amor a seu terapeuta nunca se afastará dele, pois parar de amar seria para ele largara razão pela qual se curou, ou seja, voltar a sofrer como antes ou mais ainda.
Você deve também ter ouvido mil vezes que um/uma terapeuta não pode e não deve aproveitar-se do amor do paciente ou da paciente. Você pode ter carinho e simpatia por seu/sua paciente, mas transformar a relação terapêutica em relação amorosa e sexual é mais do que desaconselhado.
Por quê?
Nota: para simplificar, no que segue, falarei do terapeuta no masculino e da paciente no feminino. Mas o mesmo vale seja qual for o sexo do terapeuta e seja qual for o sexo do paciente, incluindo os casos em que esse sexo é o mesmo.
Um argumento que é usado tradicionalmente para justificar essa interdição é o seguinte: o afeto que uma paciente pode sentir por seu terapeuta é fruto de uma espécie de quiproquó. O terapeuta não é quem a paciente imagina. A situação leva a paciente a supor que seu terapeuta detenha o segredo ou algum segredo de sua vida e que, graças a esse saber, ele poderá entendê-la, transformá-la e fazê-la feliz. Ou seja, a paciente idealiza o terapeuta, e quem idealiza acaba se apaixonando.
Conclusão: o apaixonamento da paciente é um equívoco. E não é bom construir uma relação amorosa e sexual sobre um equívoco. Se paciente e terapeuta se juntarem, a coisa, mais cedo ou mais tarde, produzirá, no mínimo, uma decepção e, frequentemente, uma catástrofe emocional, pois a decepção virá de um lugar que pode ter sido idealizado além da conta.
Esse argumento, na verdade, vale pouco. Explico por quê: a paixão de transferência é, de fato, igual a qualquer outra paixão. Em outras palavras, os amores da vida são fundados num qüiproquó tanto quanto os amores terapêuticos. Quando nos apaixonamos por alguém, a coisa funciona assim: nós lhe atribuímos qualidades, dons e aptidões que ele ou ela, eventualmente, não têm; em suma, idealizamos nosso objeto de amor. E não é por generosidade; é porque queremos e esperamos ser amados por alguém cujo amor por nós valeria como lisonja. Ou seja, idealizamos nosso objeto de amor para verificar que somos amáveis aos olhos de nossos próprios ideais.
Então, se o amor de transferência não é muito diferente de qualquer amor, será que está liberado? Pois é, não está liberado: há outros argumentos contra, e são de peso; eles não se situam do lado do paciente (cujo amor é bem parecido com um amor verdadeiro), estão do lado do terapeuta.
Por que um terapeuta toparia a proposta amorosa de uma paciente? Por que ele se declararia disponível e proporia um amor quase irrecusável a uma paciente já seduzida pela situação terapêutica? Há três possibilidades.
1) A primeira é perfeitamente explicada no auto-de-fé do ex-presidente Clinton, quando, em suas memórias recentemente publicadas, ele narra e tenta entender seu famoso envolvimento com uma estagiária da Casa Branca, Monica Lewinski. Com notável honestidade e capacidade analítica, Clinton não justifica seus atos pelo transporte da paixão, mas declara que ele se deixou seduzir ou (tanto faz) que ele seduziu Lewinski simplesmente 'porque podia'. Ele acrescenta (admiravelmente) que, de todas as razões possíveis, essa é a pior, a mais condenável.
'Transar porque pode' não significa só transar porque é fácil, porque o outro é acessível. Significa transar pelo prazer de poder. É como se a gente gostasse de bater em enfermo porque isso dá a sensação de ser forte.
O consultório do terapeuta tomado por essa fantasia se transforma num templo (ou num quarto de motel), em que as pacientes são chamadas a participar de ritos que celebram a potência do senhor.
Esse abuso dos corpos produz estragos dolorosos, porque ele se vale de uma oferta generosa de amor: “Posto que você me ama, ajoelhe-se”. É uma situação próxima à ‘ do abuso de uma criança, quando os adultos que ela ama e em quem confia se revelam sedentos de demonstrar sua autoridade pelas vias de fato, na cama ou a tapas.
Invariavelmente, o terapeuta deslumbrado pela descoberta de que ele 'pode' agir do mesmo modo com as pacientes com quem ele transa e com aquelas com quem ele não transa. A fantasia de abuso invade todo seu trabalho terapêutico, ou seja, ele não analisa nem aconselha, ele dirige e manda, pois ele goza de e com seu poder.
2) Mas há terapeutas, você me dirá, que se apaixonam mesmo por uma paciente e até casam. Concordo. Aliás, essa é a segunda possibilidade.
O curioso é que, em regra, os analistas que se apaixonam pelas pacientes que os amam são recidivistas. Eles se casam com várias pacientes, uma atrás da outra. Um psicanalista famoso, de tanto casar com pacientes, ganhou o apelido 'Divã, o Terrível'.
Conheço as desculpas: a gente trabalha duro e não tem tempo para sair na noite, onde a gente encontraria uma companheira? Afinal, não é banal que as pessoas encontrem suas metades no ambiente de trabalho? Além disso, o terapeuta se apaixona por alguém que ele conhece (ou imagina conhecer) muito bem; essa não é uma garantia da qualidade de seus sentimentos? Pode ser. Mas resta uma dúvida, que se torna quase certeza à vista da repetição.
Esses psicoterapeutas ou psicanalistas que se juntam com verdadeiras séries de pacientes devem ser tão cativos da situação terapêutica quanto suas pacientes. Explico. A paciente se apaixona porque tudo a leva a idealizar seu terapeuta. O terapeuta deveria saber que é útil que seja assim, mas também deveria saber que, de fato, sua modesta pessoa não é o remédio milagroso e definitivo que curará os males de sua paciente. Ora, é provavelmente disto que ele se esquece. O terapeuta, seduzido pela idealização de sua pessoa, como o corvo da fábula, acredita no que diz o amor de sua paciente, ou seja, acredita ser a panaceia que tornará sua paciente feliz para sempre.
Generoso? Ingênuo? Nada disso, apenas vítima, por exemplo, de uma obstinada esperança de voltar a ser o neném que, por um mítico instante, no passado, teria feito sua mãe absurdamente feliz.
A série continua porque a decepção é garantida. O terapeuta (como homem e companheiro) não é uma panaceia (ninguém é). A paciente com quem ele se casou, uma vez feita essa descoberta trivial, manifestará sua insatisfação e, com isso, fará a infelicidade do nené caprichoso com quem casou. Pronto, acaba o casamento. Entretanto, como disse, a esperança do terapeuta é obstinada; não é fácil desistir do projeto de ser aquela coisa que traz ao outro uma satisfação absoluta. Por que não tentar outra vez?
Os terapeutas recebem regularmente, em seus consultórios, os cacos desses dois tipos de desastres: o das abusadas e o das casadas e abandonadas por não se terem mostrado perfeitamente satisfeitas. São cacos difíceis de serem recolados. A decepção amorosa da paciente é violenta: afinal, ela foi enganada por um objeto de amor ao qual atribuía poderes e saberes quase mágicos.
O pior desserviço desses desastres é que, de fato, eles impedem que as vítimas encontrem a ajuda da qual precisam. Frequentemente, ao tentar uma nova terapia, elas não param de esperar que se engate uma nova relação erótica (pois lhes foi ensinado, por assim dizer, que a cura virá de um amor correspondido com seu terapeuta). Outra eventualidade é que elas nunca mais consigam estabelecer a confiança necessária para que um novo tratamento se torne possível.
3) Existe uma terceira possibilidade para os amores terapêuticos. É possível que se apaixone por sua paciente um terapeuta que não queira apenas gozar de seu poder e que não seja aflito pela síndrome de fazer a 'mamma' feliz. E é possível que uma paciente se apaixone por seu terapeuta sem acreditar que ele seja o remédio a todos os seus males.
Afinal, não é impensável que dois sujeitos, que tenham algumas boas razões de gostarem um do outro, se encontrem num consultório. Todos sabemos que um verdadeiro encontro é muito raro, e é compreensível que um terapeuta não faça prova da abnegação profissional necessária para deixar passar a ocasião. Mas, convenhamos, se esse tipo de encontro é tão raro, é difícil acreditar que possa repetir-se em série... Como diz o provérbio, errar é humano, perseverar é diabólico. Ou seja, pode acontecer uma vez numa vida. A partir de duas, a série é suficiente para provar que o terapeuta está precisando de terapia.
Abç."
submitted by clathereum2 to SuturaPsicanalitica [link] [comments]


2020.04.05 21:31 Natanians A Bíblia tem algumas coisas para falar sobre o momento que estamos passando, o que você acham? Estamos esquecendo a essência da palavra de Deus seguindo um falso Messias ?

"Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados. Erga a voz e julgue com justiça; defenda os direitos dos pobres e dos necessitados". Provérbios 31:8-9
Escolham homens sábios, criteriosos e experientes de cada uma de suas tribos, e eu os colocarei como chefes de vocês.
Deuteronômio 1:13
Lembre a todos que se sujeitem aos governantes e às autoridades, sejam obedientes, estejam sempre prontos a fazer tudo o que é bom, não caluniem ninguém, sejam pacíficos, amáveis e mostrem sempre verdadeira mansidão para com todos os homens. Tito 3:1-2
Como um leão que ruge ou um urso feroz é o ímpio que governa um povo necessitado. Provérbios 28:15
O governante sem discernimento aumenta as opressões, mas os que odeiam o ganho desonesto prolongarão o seu governo. Provérbios 28:16
Os lábios do rei falam com grande autoridade; sua boca não deve trair a justiça. Provérbios 16:10
Poderá um trono corrupto estar em aliança contigo?, um trono que faz injustiças em nome da lei? Eles planejam contra a vida dos justos e condenam os inocentes à morte. Mas o Senhor é a minha torre segura; o meu Deus é a rocha em que encontro refúgio. Deus fará cair sobre eles os seus crimes, e os destruirá por causa dos seus pecados; o Senhor, o nosso Deus, os destruirá! Salmos 94:20-23
submitted by Natanians to brasil [link] [comments]


2020.01.03 04:12 poeta_atormentado Condição Humana

Quando eu entro numa sala, o que vêem? Certamente quero que vejam algo. Algum acontecimento por trás de mim, alguma intriga secreta, algum estimulante, algum segredo, algum chamado à vida. Mas não sou quem quero ser, e tampouco quem pareço ser: estou no meio, me perdi lá dentro. Um novelo de lã e talvez eu consiga voltar. Mas não o tenho, e o passado todo é meu destino.
Estamos todos no labirinto de Creta, amigos? Lá dentro todos são cegos, e a águia conduz o carneiro, lá dentro o particular antecede o universal: lá dentro também a razão se perdeu.
E falamos todos do fundo de um poço? Ouço-os ecoarem, distantes. O silêncio que sucede o eco é inquietante. Depois da garganta não vejo mais luz. Não consigo vê-los em fundo, amigos. Seria para — o nosso melhor? Mas eu amo as vossas superfícies—amáveis.
E a mim, pergunto, já se olhou a fundo? Sei que já tentaram, sei que já verti lágrimas para escurecer meu poço, sei que deitei-me sobre o leito do meu do rio e me vi refletido lá dentro, eu em verdade, eu em carne. Sei que meu Narciso já morreu, mas que seus olhos ainda penetram-se na reflexão: o jovem incorruptível analisa o viajante no tempo. E eles pensam um do outro: "sou eu — isso?". Estranham-se. Tudo o que vem depois da penumbra, contudo, é seu reino. O que os estranhos de si veem lá dentro, me dizem, e tenho de acreditar neles: não tenho os olhos para a escuridão.
Iluminei assim o meu poço, por algumas breves palavras. Agora apago a luz, fecho as cortinas, me vou.
submitted by poeta_atormentado to rapidinhapoetica [link] [comments]


2018.09.27 21:32 lucasduka Non Zero Days - Versão em português

Há mais ou menos um mês atrás eu li um comentário que me ajudou muito no dia a dia (que você pode encontrar o original em inglês aqui. Esse comentário foi em resposta a um post de um redditor chamado Max que alegava que não se importava mais com ele mesmo. O comentário foi feito pelo redditor chamado Ryan que ensinou sobre os non zero days. Tentei traduzir da maneira mais fiél possível tentando transmitir o que o autor original escreveu.
Ai. Parece que você está passando por tempos difíceis, Max. É complicado. Eu já passei por isso, portanto eu sei sobre o que você está falando. Eu já estive nesse vortex de dúvidas, frustração e aversão. Não é nada bom. Eu sei. Se você não se importa, deixa eu te dizer algumas coisas. Você pode ler se você quiser, pode ler novamente depois se você sentir que gostou. Mas sinceramente, cara, se eu passei esse tempo todo escrevendo isso pra você e você apenas ignorar, você estará me desapontando e se desapontando. E você não TEM que fazer isso. Você não TEM que fazer nada. Mas cabe a você decidir.
(Quem sou eu? Meu nome é Ryan e eu moro no Canadá. Acabei de me mudar para uma cidade nova por causa de um trabalho dos sonhos que eu só consegui por causa das regras que estão listadas abaixo. Eu devo muito do meu sucesso à pessoas muito mais legais, educadas, amáveis e incríveis do que eu. Quando eu tenho a oportunidade de ajudar, é pra mim uma forma de agradece-los).
Regra número um – Não existe mais zero days. O que é um zero day? Um zero day é quando não faz nada em relação aos seus sonhos e metas ou qualquer outro objetivo que você tenha. Sem mais zero days. Não estou dizendo que você tem que fazer uma redação todo dia. Esse não é o ponto. O ponto é que estou tentando fazer com que você se force e prometa a viver um novo SISTEMA: você agora vive no sistema non zero days. Não fez nada durante o dia inteiro e já são 23:58? Escreva uma sentença. Faça uma flexão. Leia uma página daquele capítulo. Porque UM já não é ZERO. Você me entende? Quando você está no meio de um super vortex de coisas ruins, o seu padrão de comportamento faz com que o vortex continue, e é com isso que você está acostumado. Se tornar o mestre supremo de produtividade não acontecerá a partir do vortex. Acontece a partir de uma teia muito consistente de dias que não são zero days. Essa é a regra número um. Não se esqueça.
“La deuxieme regle (A segunda regra) – Sim, eu aprendi francês. É uma coisa canadense. Desculpa a falta de sotaque, mas me deixe falar sobre a regra número dois. SEJA GRATO PELOS 3 VOCÊS. O quê? 3 eus? Isso é papo de blogueirinha. Novidades: existem três de você. Existe o você do passado, o você do presente e o você do futuro. Se você quer amar alguém para te amar de volta, você tem que aprender a se amar, e os 3 vocês é a chave para que isso aconteça. Seja GRATO ao você do passado pelas coisas boas que você fez. A faça favores ao você do futuro como se estivesse fazendo ao seu melhor amigo. Está se sentindo um merda hoje? Pare um segundo, pense sobre uma boa decisão que você tomou ontem. Salada e atum ao invés de um Big Mac? OBRIGADO, EU MAIS NOVO. Ontem foi non zero day porque você escreveu 200 palavras (ei, esse é o máximo que você conseguiu?) OBRIGADO, EU MAIS NOVO. Juntou dinheiro para comprar aquela coisa tão desejada? OBRIGADO. A segunda parte dos 3 eus é que você tem que fazer um favor ao você do futuro, como se você para o seu melhor amigo (não tem melhor amigo? Você tem agora. Você tem dois. O seu você do futuro e do passado). Est[a cansado pra caralho e não consegue sair do Reddit/videogame/internet? Que se foda o você do presente, faça pelo você do futuro. Eu vou fazer malhar pesado por 17 minutos. Eu estou fazendo isso pelo eu do futuro. O alarme toca e a cama está muito confortável? Foda-se o você do presente, essa é pro meu melhor amigo, para o eu do futuro. Eu vou levantar e caminhar 5 km (ou até mesmo 25 metros, não importa. Não pode ser um dia zero). NÃO SE ESQUEÇA DE AGRADECER AO SEU EU DO PASSADO por conseguir superar seus limites e sair da zona de conforto, tornando sua vida melhor. O ciclo de fazer algo por outra pessoa (você do futuro) e agradecer pelas coisas boas na sua vida (você do passado) é a chave pra construir gratidão e produtividade. Não duvide de mim. Com o tempo você vai deveria espalhar gratidão aos outros que te ajudaram no seu caminho.
Regra número três – não se preocupe eu vou colocar um “TL:DR” no final (pegue uma caneta e um papel para anotar. Sério. Você precisa fisicamente fazer marcas no papel). SE PERDOE. Sério mesmo. Talvez você tenha toda a capacidade, dinheiro, habilidade, força e talento pra você o que deseja. Mas vamos dizer que você ainda não conseguiu fazer. Agora você tá se colocando pra baixo por não fazer o que você precisava fazer, por não ser o que você queria ser. Levanta cabeça, princesa, se não a coroa cai. Se colocar pra baixo te prejudica e te torna menos produtivo. Se esforçou ao máximo pra não ter um zero day ontem e falhou? Qual o problema? Perdoe o você do passado. Eu perdoo você. Mas hoje? Hoje não pode ser um dia zero. Hoje vou me dedicar para que seja diferente. Essa é para o meu eu do futuro. Perdão, cara. Use. Eu perdoo você. Diga bem alto.
Última regra. Regra número quatro – É a mais fácil e são apenas três palavras. Exercício e livros. É isso. É um conselho bem básico mas quando você se exercita diariamente você se torna mais esperto. Quando você se exercita você produz endorfina (obrigado, corpo). Quando você se exercita sua mente fica mais leve. Quando você se exercita você está fazendo um grande favor ao seu você do futuro. Se exercitar é um dos pilares. Me entende? Assim como os livros. Quase a totalidade das coisas que nós pensamos, sentidos, passamos, queremos ou desejamos aprender a fazer já foi descoberto por outro alguém. Vá atrás de alguns livros. Postou no Reddit sobre não ligar mais sobre você? Bom primeiro passo (non zero day, obrigado ao eu do passado por ter escrito). Sabe o que mais você fazer? Leia sobre hábitos de pessoas bem sucedidas. Leia “Emotional Inteligence”. Leia “From good to great”. Leia “Thinking fast and slow”. Leia livros que vão te ajudar a entender. Leia sobre malhação e incorpore no seus treinos (Como andam suas flexões?) Ler é como o warp whistle do Super Mario 3. Te leva ao próximo nível muito mais rápido.
É isso, cara. Existe muito mais em tornar seus non zero days em grandes non zero days, mas essa não é tua missão por enquanto. Sua missão é non zero, perdão e favores. Você tem 36 redações pra fazer em 24 minutos e é impossível de conseguir? O seu eu do passado te desapontou mas calma... eu te perdoo. Dê o seu máximo nesses 24 minutos e siga em frente.
Eu espero que eu tenha te ajudado um pouco, Max. Eu conseguiria escrever sobre isso pra sempre, mas eu prometi a mim mesmo que iria fazer uma caminhada de 15 minutos enquanto ouço A. Skillz Beats Working Volume 3. Um último conselho. Independente de você ter lido ou não isso ter ajudado a melhorar seu dia, se você acordar amanhça e não conseguir lembrar das quatro regras, por favor, POR FAVOR, leia isso novamente.
Tenha um dia incrível ☺
TL;DR: 1. Tenha o máximo de non zero days que você conseguir; 2. Os três vocês, gratidão e favores. 3. Perdão 4. Exercícios e livros (que é uma maneria de dizer aprimoramento pessoa, tanto fisicamente, emocionalmente e mentalmente).
Wallpaper feita pelo aryeo representando os non zero days.
submitted by lucasduka to desabafos [link] [comments]


2018.09.27 21:30 lucasduka Non zero days - Versão em português

Há mais ou menos um mês atrás eu li um comentário que me ajudou muito no dia a dia (que você pode encontrar o original em inglês aqui. Esse comentário foi em resposta a um post de um redditor chamado Max que alegava que não se importava mais com ele mesmo. O comentário foi feito pelo redditor chamado Ryan que ensinou sobre os non zero days. Tentei traduzir da maneira mais fiél possível tentando transmitir o que o autor original escreveu.
Ai. Parece que você está passando por tempos difíceis, Max. É complicado. Eu já passei por isso, portanto eu sei sobre o que você está falando. Eu já estive nesse vortex de dúvidas, frustração e aversão. Não é nada bom. Eu sei. Se você não se importa, deixa eu te dizer algumas coisas. Você pode ler se você quiser, pode ler novamente depois se você sentir que gostou. Mas sinceramente, cara, se eu passei esse tempo todo escrevendo isso pra você e você apenas ignorar, você estará me desapontando e se desapontando. E você não TEM que fazer isso. Você não TEM que fazer nada. Mas cabe a você decidir.
(Quem sou eu? Meu nome é Ryan e eu moro no Canadá. Acabei de me mudar para uma cidade nova por causa de um trabalho dos sonhos que eu só consegui por causa das regras que estão listadas abaixo. Eu devo muito do meu sucesso à pessoas muito mais legais, educadas, amáveis e incríveis do que eu. Quando eu tenho a oportunidade de ajudar, é pra mim uma forma de agradece-los).
Regra número um – Não existe mais zero days. O que é um zero day? Um zero day é quando não faz nada em relação aos seus sonhos e metas ou qualquer outro objetivo que você tenha. Sem mais zero days. Não estou dizendo que você tem que fazer uma redação todo dia. Esse não é o ponto. O ponto é que estou tentando fazer com que você se force e prometa a viver um novo SISTEMA: você agora vive no sistema non zero days. Não fez nada durante o dia inteiro e já são 23:58? Escreva uma sentença. Faça uma flexão. Leia uma página daquele capítulo. Porque UM já não é ZERO. Você me entende? Quando você está no meio de um super vortex de coisas ruins, o seu padrão de comportamento faz com que o vortex continue, e é com isso que você está acostumado. Se tornar o mestre supremo de produtividade não acontecerá a partir do vortex. Acontece a partir de uma teia muito consistente de dias que não são zero days. Essa é a regra número um. Não se esqueça.
“La deuxieme regle (A segunda regra) – Sim, eu aprendi francês. É uma coisa canadense. Desculpa a falta de sotaque, mas me deixe falar sobre a regra número dois. SEJA GRATO PELOS 3 VOCÊS. O quê? 3 eus? Isso é papo de blogueirinha. Novidades: existem três de você. Existe o você do passado, o você do presente e o você do futuro. Se você quer amar alguém para te amar de volta, você tem que aprender a se amar, e os 3 vocês é a chave para que isso aconteça. Seja GRATO ao você do passado pelas coisas boas que você fez. A faça favores ao você do futuro como se estivesse fazendo ao seu melhor amigo. Está se sentindo um merda hoje? Pare um segundo, pense sobre uma boa decisão que você tomou ontem. Salada e atum ao invés de um Big Mac? OBRIGADO, EU MAIS NOVO. Ontem foi non zero day porque você escreveu 200 palavras (ei, esse é o máximo que você conseguiu?) OBRIGADO, EU MAIS NOVO. Juntou dinheiro para comprar aquela coisa tão desejada? OBRIGADO. A segunda parte dos 3 eus é que você tem que fazer um favor ao você do futuro, como se você para o seu melhor amigo (não tem melhor amigo? Você tem agora. Você tem dois. O seu você do futuro e do passado). Est[a cansado pra caralho e não consegue sair do Reddit/videogame/internet? Que se foda o você do presente, faça pelo você do futuro. Eu vou fazer malhar pesado por 17 minutos. Eu estou fazendo isso pelo eu do futuro. O alarme toca e a cama está muito confortável? Foda-se o você do presente, essa é pro meu melhor amigo, para o eu do futuro. Eu vou levantar e caminhar 5 km (ou até mesmo 25 metros, não importa. Não pode ser um dia zero). NÃO SE ESQUEÇA DE AGRADECER AO SEU EU DO PASSADO por conseguir superar seus limites e sair da zona de conforto, tornando sua vida melhor. O ciclo de fazer algo por outra pessoa (você do futuro) e agradecer pelas coisas boas na sua vida (você do passado) é a chave pra construir gratidão e produtividade. Não duvide de mim. Com o tempo você vai deveria espalhar gratidão aos outros que te ajudaram no seu caminho.
Regra número três – não se preocupe eu vou colocar um “TL:DR” no final (pegue uma caneta e um papel para anotar. Sério. Você precisa fisicamente fazer marcas no papel). SE PERDOE. Sério mesmo. Talvez você tenha toda a capacidade, dinheiro, habilidade, força e talento pra você o que deseja. Mas vamos dizer que você ainda não conseguiu fazer. Agora você tá se colocando pra baixo por não fazer o que você precisava fazer, por não ser o que você queria ser. Levanta cabeça, princesa, se não a coroa cai. Se colocar pra baixo te prejudica e te torna menos produtivo. Se esforçou ao máximo pra não ter um zero day ontem e falhou? Qual o problema? Perdoe o você do passado. Eu perdoo você. Mas hoje? Hoje não pode ser um dia zero. Hoje vou me dedicar para que seja diferente. Essa é para o meu eu do futuro. Perdão, cara. Use. Eu perdoo você. Diga bem alto.
Última regra. Regra número quatro – É a mais fácil e são apenas três palavras. Exercício e livros. É isso. É um conselho bem básico mas quando você se exercita diariamente você se torna mais esperto. Quando você se exercita você produz endorfina (obrigado, corpo). Quando você se exercita sua mente fica mais leve. Quando você se exercita você está fazendo um grande favor ao seu você do futuro. Se exercitar é um dos pilares. Me entende? Assim como os livros. Quase a totalidade das coisas que nós pensamos, sentidos, passamos, queremos ou desejamos aprender a fazer já foi descoberto por outro alguém. Vá atrás de alguns livros. Postou no Reddit sobre não ligar mais sobre você? Bom primeiro passo (non zero day, obrigado ao eu do passado por ter escrito). Sabe o que mais você fazer? Leia sobre hábitos de pessoas bem sucedidas. Leia “Emotional Inteligence”. Leia “From good to great”. Leia “Thinking fast and slow”. Leia livros que vão te ajudar a entender. Leia sobre malhação e incorpore no seus treinos (Como andam suas flexões?) Ler é como o warp whistle do Super Mario 3. Te leva ao próximo nível muito mais rápido.
É isso, cara. Existe muito mais em tornar seus non zero days em grandes non zero days, mas essa não é tua missão por enquanto. Sua missão é non zero, perdão e favores. Você tem 36 redações pra fazer em 24 minutos e é impossível de conseguir? O seu eu do passado te desapontou mas calma... eu te perdoo. Dê o seu máximo nesses 24 minutos e siga em frente.
Eu espero que eu tenha te ajudado um pouco, Max. Eu conseguiria escrever sobre isso pra sempre, mas eu prometi a mim mesmo que iria fazer uma caminhada de 15 minutos enquanto ouço A. Skillz Beats Working Volume 3. Um último conselho. Independente de você ter lido ou não isso ter ajudado a melhorar seu dia, se você acordar amanhça e não conseguir lembrar das quatro regras, por favor, POR FAVOR, leia isso novamente.
Tenha um dia incrível ☺
TL;DR: 1. Tenha o máximo de non zero days que você conseguir; 2. Os três vocês, gratidão e favores. 3. Perdão 4. Exercícios e livros (que é uma maneria de dizer aprimoramento pessoa, tanto fisicamente, emocionalmente e mentalmente).
Wallpaper feita pelo aryeo representando os non zero days.
submitted by lucasduka to brasil [link] [comments]


2018.05.25 17:47 jl250 Where to report a violent incident to authorities?

Olá a todos,
Eu estava em Lisboa de férias na semana passada e foi uma das melhores viagens que fiz na minha vida. A cidade era tão bonita, as pessoas eram simpáticas, a comida deliciosa - qualquer coisa que eu pudesse querer!
Infelizmente, quando eu estava deixando seu belo país, eu estava em um trem público e vi uma mulher abusando verbalmente e muito cruelmente espancando uma criança. Ela bateu no menino várias vezes no rosto.
A criança parecia estar acostumada a esse tratamento, porque ele estava antecipando isso cobrindo o rosto quando ela chegou perto dele, e ele também checou o nariz em busca de sangue depois que ela bateu nele. Ele tinha cerca de 5 anos de idade.
Percebi que o trem tinha câmeras. Tomei nota do número do trem e da hora do dia. Existe alguma possibilidade de que este incidente possa ser investigado? Existe uma grande organização de serviços de proteção infantil em Lisboa? Alguém que possa investigar?
Não foi uma simples reprimenda, foi uma mulher que bateu várias vezes em um menininho no rosto, e o menino não pareceu surpreso.
Uma das melhores coisas que aprendi em Lisboa foi o quanto as pessoas são prestativas e amáveis, por isso estou a pedir ajuda aqui. Obrigado por ler.
Hello everyone,
I was in Lisbon on vacation last weekend and it was one of the best trips I've taken in my life. The city was so beautiful, the people were nice, food was delicious - anything I could want!
Unfortunately, when I was leaving your beautiful country, I was on a public train and saw a woman verbally abusing and very cruelly beating a child. She hit the boy multiple times in the face.
The child seemed to be used to this treatment, because he was anticipating it by covering his face when she went near him, and he also checked his nose for blood after she hit him. He was about 5 years old.
I noticed that the train had cameras on it. I took note of the train number and the time of day. Is there any possibility that this incident can be investigated? Is there a large child protective services organization in Lisbon? Anyone who might investigate?
This was not a simple reprimanding, it was a woman striking a small boy on his face multiple times, and the boy did not seem surprised.
One of the greatest things I learned in Lisbon was how helpful and kind the people where, so I am turning here for help. Thank you for reading.
submitted by jl250 to portugal [link] [comments]


2016.11.29 10:32 Dadimel_Presentes CAMPANHA "LENDO DE CARREIRINHA O NOVO TESTAMENTO". Lendo o Novo Testamento Em Sequencia Todo Dia.

Bom dia! Hoje terça-feira vamos refletir um pouco sobre a escravidão aos desejos mundanos de outrora, e como é a situação da liberdade cristã numa nova dimensão de vida. Vamos juntos:
29/11 - REFLEXÃO DE HOJE PARA INCENTIVO NA CARTA A TITO: ”Porque também nós éramos noutro tempo insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias concupiscências e deleites, vivendo em malícia e inveja, odiosos, odiando-nos uns aos outros. Mas quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens, Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, Que abundantemente ele derramou sobre nós por Jesus Cristo nosso Salvador; Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna. Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que creem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.”(Tito 3.3-8).
Muitas pessoas pensam que a liberdade consiste em fazer tudo que desejarem, mas esse caminho leva a um vício dominador à gratificação física, ou seja, a pessoa não é mais livre, mas um escravo do que seu corpo dita.
Em vez disso, Cristo nos liberta dos desejos e do controle do pecado. Quando Jesus nos salva, saímos de uma vida cheia de pecado para outra em que somos guiados pelo Espírito Santo de Deus; todos os nossos pecados são lavados, e o controle que tem sobre nossa vida é retirado. Temos uma vida nova por intermédio do Espírito Santo, e Ele renova o nosso coração continuamente. Ele permitiu que nos afastássemos completamente da vida de pecado e morte e nos transferiu para a dimensão de amor e pureza. Nada disso acontece por termos conquistado ou merecido; é tudo dom de Deus.
Por sermos livres do controle do pecado, não estamos mais presos a obedecer ao que nossa natureza pecaminosa nos diz. Podemos parar de alimentar nosso pecado e dar a vida pelos outros servindo-os. A salvação em Cristo torna isso possível porque nos livra do pecado. Que coisas gentis e amáveis você pode fazer por outras pessoas hoje?
(Bíblia de Estudo Leitura Diária)

NovoTestamento #Biblia #JesusCristo #EvangelhodeCristo #SemBarganhasComDeus #CristoÉoCentroDaVerdade

submitted by Dadimel_Presentes to Cristianismo [link] [comments]


Como apresentar o seu amáveis palavras namorada?